DTIBR News #5



Aparentemente toda semana é semana de ransomware! Mas também temos 5G, reconhecimento facial e mais!

## A Empresa multinacional espanhola Atento foi vítima da vez de um ciberataque relacionado a ransomware. O vazamento das informações foi realizado pelos operadores do ransomware Lockbit 2.0, o que indica que a empresa se recusou a pagar o resgate. Foram vazadas informações corporativas, dos setores financeiro e comercial, além de informações pessoais dos executivos da empresa. Não há registro de vazamento de dados de clientes e usuários finais. A Atento presta serviço para diversas das principais marcas do Brasil como Itaú Unibanco, Vivo e Burger King.

## Começou o leilão do 5G no Brasil. O leilão está sendo realizado no auditório da Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel - em Brasília. No leilão tem sido feita a análise das propostas das faixas de frequência, divididas em blocos nacionais e regionais.

Claro, TIM e Vivo arremataram lotes nacionais na faixa de 3,5GHz, a mais buscada com valores de 338 milhões, 351 milhões e 420 milhões respectivamente. Como novidades, a empresa Winity II Telecom arrebatou a faixa de frequência de 700 MHz por 1,42 bilhão. Outra nova operadora é a Brisanet que arrebatou as faixas de 3,5 GHz do Nordeste e do Centro-Oeste por 1,25 bilhão e 105 milhões respectivamente.


É bom lembrar que a Huawei não participa diretamente do leilão, uma vez que este é destinado especificamente para operadoras de telefonia enquanto a empresa é uma fornecedora de equipamentos de infraestrutura e por consequência não poderia ser credenciada para participar. A Huawei pode ofertar equipamentos para as operadoras que arrematam faixas no leilão. A empresa chinesa já oferta por volta de 50% dos equipamentos das redes nacionais de 3G e 4G. A única vedação à empresa é numa rede de comunicações do governo federal. O leilão ainda não foi concluído até o fechamento desta notícia.


Para saber mais sobre o 5G você pode ler aqui:

https://www.dtibr.com/post/2019/02/10/direito-regulat%C3%B3rio-5g-e-a-internet-das-coisas

## Milionário do Bitcoin, Zaryn Dentzel, foi assaltado e pode ter perdido milhões de euros em Bitcoin. Zaryn Dentzel é cofundador da rede social espanhola Tuenti, atualmente propriedade da Telefônica. Segundo o jornal espanhol El País, ele deu depoimento à polícia que ladrões entraram na casa em Madri, o bateram e ameaçaram até que ele revelasse a senha de sua carteira contendo sua fortuna em bitcoin. Num novo depoimento ele mudou a versão e disse que teve objetos roubados, além da agressão física, mas não houve perdas de bitcoin. A polícia segue investigando o caso. Este cenário não é novidade dado que roubos físicos ou tentativas de roubos de criptoativos têm crescido seguindo a sua crescente popularidade.


Você pode seguir a história original aqui:

https://elpais.com/espana/madrid/2021-11-03/un-grupo-de-ladrones-agrede-al-fundador-de-tuenti-en-su-casa-de-madrid-para-robar-su-fortuna-en-bitcoin.html

## A Meta anunciou que irá descontinuar os sistemas de reconhecimento facial do Facebook além de deletar sua base de dados com mais de um bilhão de templates de fotos individuais. Segundo a empresa, a ação faz parte de um movimento maior de limitar o uso de reconhecimento facial em todos os seus produtos.


A empresa diz que continua vendo reconhecimento facial como uma tecnologia fundamental, por exemplo para conter fraudes, mas reconhece a crescente preocupação e crítica com os possíveis abusos da tecnologia face a questões sociais complexas. Outro aspecto salientado pelo vice-presidente Jerome Pesenti em postagem em blog é que os reguladores ainda estão no processo de promover normas claras do uso da tecnologia e dado a incerteza regulatória limitar foi a melhor opção.]


Você pode ver o anúncio da Meta abaixo:

https://about.fb.com/news/2021/11/update-on-use-of-face-recognition/