top of page

DTIBR News # 63

DTIBR NEWS # 63 | MAI 2024

 

BEM VINDO À


NEWSLETTER


DO DTIBR


 

A newsletter do DTIBR chegou trazendo as principais notícias sobre direito, tecnologia e informação.


Para saber mais sobre o nosso trabalho, acesse nosso site ou nossas páginas no Linkedin, Twitter e Youtube.


 

Oportunidade!


Curso: Data Protection Law


Entre os dias 11 a 25 de junho, a UFMG, em parceria com a Università di Verona e Università di Catania, com apoio do DTIBR, ministrará o curso "Data Protection Law".

 

O objetivo é discutir o cenário europeu de proteção de dados digitais, além de comparar e abordar subsídios para aprimoramento da regulamentação brasileira.

 

Serão 5 encontros online, em inglês, e uma aula presencial de encerramento na Faculdade de Direito da UFMG.

 

As inscrições vão até dia 10/06. Inscrições neste link.

 

IA com defeito. Tecnologia do Google que mostra resultados gerados com IA tem apresentado respostas falsas e bizarras. Entre elas, afirmou que cobras são mamíferos, que gestantes devem fumar até três cigarros por dia e que gatos já estiveram na lua.


 

Mapa cerebral. Pesquisadores utilizaram realidade virtual e IA para desenvolver um método tecnologicamente avançado de mapeamento cerebral que pode ajudar a desmistificar a doença de Alzheimer, o autismo e outras doenças relacionada.


 


Star Wars. Inventores desenvolveram tecnologia para solucionar escassez de água inspirado no filme "Guerra nas Estrelas", que consiste transformar ar em água. Usando a luz do sol ou eletricidade de fontes renováveis, o dissecante é aquecido e libera umidade, que pode ser condensada em água potável.


 

Ataques cibernéticos. Relatório da Verizon aponta que ataques cibernéticos que exploram vulnerabilidades de usuário aumentaram 180% em 2023. A estimativa é que quase sete a cada dez violações decorrem de erro humano. Motivos seriam despreparo das empresas e falta de conscientização dos usuários.


 

Stop. Big Techs fazem acordo com Governos e concordam em criar um botão de emergência para interromper IAs em casos extremos como ataques cibernéticos feitos pelas AIs e uso da tecnologia para armas biológicas, além de uso de dados humanos sem autorização.


Commenti


bottom of page