DTIBR News #26


As notícias da semana alertam sobre vários aspectos do uso de dados pessoais. Vem conferir!


Se quiser acompanhar nossa newsletter ou nosso trabalho, só se cadastrar no nosso site https://www.dtibr.com ou nas nossas páginas no Linkedin, Twitter e Youtube.

 

## CISCO Systems é hackeada de uma forma inusitada, embora comum: Um funcionário da empresa caiu em um "golpe de engenharia social" e com isso permitiu acesso às suas senhas e outras informações ao grupo cibercriminoso Yanluowang. O acesso inicial foi feito através do uso da sincronização automática de senhas do Google Chrome deste funcionário, e as credenciais foram utilizadas para autenticar acessos internos da empresa. O incidente ocorreu em maio, mas foi admitido pela CISCO apenas nesta semana em pronunciamento que assegurou a integridade de todos os dados sob a guarda da empresa, incluindo informações confidenciais ou protegidas por propriedade intelectual. Isso nos ensina o risco à segurança de informações quando deixamos salvas as nossas credenciais em nossos computadores, sejam pessoais ou de trabalho. Para ler mais, clique neste link.

 

## Senado francês propõe medidas para regular o reconhecimento por biometria: O relatório apresentado contém medidas buscam estabelecer um parâmetro para que os sistemas de reconhecimento facial sejam utilizados sem violações significativas aos direitos e liberdades fundamentais dos cidadãos franceses. Dentre elas está a criação de um comitê composto por especialistas para avaliar a eficiência de cada tecnologia, situações em que este uso deve ser proibido e a observação de três princípios gerais: da subsidiariedade no uso das tecnologias de reconhecimento facial, transparência aos titulares e controle humano sistemático. E você, o que pensa sobre as recomendações propostas? A proposta pode ser lida aqui.

 

## Autoridade francesa de proteção de dados aplica multa por uso abusivo de dados pessoais: A CNIL (Commission Nationale de I'lnformatique et des Libertés) aplicou à ACCOR, grupo hoteleiro francês, uma multa no valor de 600.000,00 euros por utilizar dados pessoais para prospecção comercial sem o devido consentimento dos titulares, violando direitos assegurados pelo Regulamento Geral Europeu (GDPR). Apurou-se, na investigação, que os clientes que faziam reservas no hotel eram automaticamente incluídos em uma lista de mailing de vários parceiros, além de verificarem problemas técnicos que impediam os usuários de se retirarem desta lista. Para saber mais, acesse o link.

 

## ANPD abre consulta pública sobre sanções: Na última terça-feira a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) disponibilizou a minuta da resolução voltada a regulamentar a aplicação de sanções nos termos dos artigos 52 e 53 da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e qualquer pessoa pode apresentar as suas considerações pela plataforma Participa + Brasil. Os interessados terão até dia 15/09 para enviar as suas contribuições através deste link.

 

## Quer se atualizar sobre a Lei Geral de Proteção de Dados e as suas implicações práticas para o mercado? Então não deixe de se matricular no mais novo curso online e ao vivo lançado pelo Centro DTIBR, o Curso de Atualização em Proteção de Dados Pessoais: novidades, perspectivas e boas práticas. O curso possui 9 módulos que podem ser realizados em conjunto ou separadamente, à sua escolha. Serão ministrados por profissionais altamente capacitados e com larga experiência na área. Para maiores informações, consulte aqui. As inscrições estão abertas e o curso terá início em 29 de agosto. Garanta já a sua vaga!