DTIBR News #24


Hoje no cardápio temos um apanhado sobre as gigantes da tecnologia.


Se quiser acompanhar nossa newsletter ou nosso trabalho, só se cadastrar no nosso site https://www.dtibr.com ou nas nossas páginas no Linkedin, Twitter e Youtube.

 

## Meta (Facebook), junto com Dignity Health Medical Foundation e UCSF Medical Center estão sendo processados por coletarem ilegalmente dados confidenciais de saúde para fins publicidade direcionada: De acordo com o processo, os dados são coletados por meio de acessos pessoais em portais médicos em que os pacientes inserem dados de saúde relativos às suas condições, os médicos consultados, medicamentos prescritos e outras informações sobre a vida pessoal, mas não há solicitação de consentimento nem informação sobre o que será feito com estes dados. Os postulantes suspeitaram que havia algo errado quando começaram a receber tanto por e-mail quanto Facebook, anúncios personalizados pautados claramente nas condições médicas que haviam sido informadas nos portais promovendo, inclusive, serviços médicos sem qualquer amparo científico.

 

## Uma gigante não tão intocável assim: Microsoft é condenada a pagar US$ 10 milhões de dólares por uso indevido de patente. O Michael Kaufman registrou uma patente, como co-inventor, para proteger sua criação relativa a métodos para usar um computador e gerar automaticamente uma interface ao usuário final para trabalhar com um bancos de dados relacionais. O processo de registro começou em 2000 e foi concluído em 2011. No mesmo ano, o advogado Ronald Abramson percebeu que a Microsoft estava utilizando a invenção e começou a movimentar, junto com seu cliente, meios para reunir provas e iniciar um processo contra a gigante multibilionária. Um dos caminhos foi, inclusive, procurar uma empresa disposta a financiar o postulante durante o processo e com isso, equiparar forças. O processo foi concluído e a Microsoft foi obrigada a indenizar o inventor pelo uso indevido da tecnologia protegida e a pergunta que fica é: será que isso vai mudar a conduta de empresas como a Microsoft em relação ao uso indevido de tecnologias patenteadas? Se quiser saber mais sobre o processo, clique aqui.